Comida Nordestina com entrada mineira!
 
Com inspiração no programa Diário do Olivier (do Olivier Anquier)na GNT.
Me aventurei a fazer o tal pastel de angú (polenta), mas achei muito difícil de montar e dar o ponto na massa.
Foi só um aperitivo para o almoço de domingo com a sogra Dona Alaide e o sogro Clodowaldo.
 
 
 

O melhor mesmo foi o Baião de Dois com carne seca desfiada e cebola e com a colaboração da Dona Laide saiu uma farofa de couve para acompanhar.

  • PARA O BAIÃO DE DOIS vc vai precisar:
  • 1/2 kg de feijão de corda cozido(s)
  • 2 xícara(s) (chá) de arroz cozido(s)
  • 250 gr de queijo de coalho
  • 1 copo(s) de manteiga-de-garrafa
  • 250 gr de carne seca cozida(s)
  • 250 gr de linguiça calabresa defumada picada(s)
  • quanto baste de coentro picado(s) EU NÃO GOSTO SUBSTITUO POR SALSINHA
  • quanto baste de cebolinha verde picada(s)
Para preparar:
Coloque a manteiga de garrafa numa panela,deixe aquecer e adicione a lingüiça.Refogue. 
Adicione a carne seca desfiada. Refogue um pouco. 
Junte o feijão de corda escorrido,misture. 
Coloque o arroz,misture. Coloque um pouco mais de manteiga de garrafa,misture novamente. Tempere com coentro e cebolinha e, por último o queijo de coalho picado, um pouco mais de manteiga de garrafa e misture novamente. Tempere com mais coentro e cebolinha. Sirva quente. 
 
PARA A CARNE SECA
800g carne seca dessalgada e desfiada
azeite para refogar
2 cebolas em rodelas
2 dentes de alho amassados
pimenta do reino a gosto
3 tomates picadinhos
salsinha e cebolinha a gosto.
sal para temperar
Para preparar:
Faça um refogado com o azeite, cebola e o alho.
Acrescente os tomates e deixe derreterem, qdo formar um molho acrescente o restante dos temperros e a carne já desfiada e dessalgada.
Deixe pegar gosto e acerte o sal.
 
A farofa de couve só a Dona Laide sabe fazer, apesar de já ter tentado, eu desisti porque nunca ficava igual a dela.
Em boa companhia td ficou muito melhor!